Banner: Marco Antonio ///// Produção de Layout: Mariana Nunes

"SAIA DE FININHO"

>> sábado, 16 de fevereiro de 2008

(Tirado do blog www.virgulaantenada.blogspot.com - de Denise Machado)


Não existe nada pior que pseudo-intelectual. Quando se vai ler a formosura de texto da figura, é cansativo, sem novidade, lotado de regras dispostas, aprendidas na faculdade (como se servisse) e com uma mistura de estilos de todos os livros chatos lidos por ele(A), além de citações de autores na maioria famosos. Escreve um monte de parágrafos e não diz nada que transforme algo. Dá de tudo: rei da economia, rainha das soluções diplomáticas e geográficas, inquisidor de político, defensor de coisa alguma. E não adianta, eles escrevem para si mesmos, para pessoas iguais a eles e por isso não mudam, não contribuem e não resolvem bulufas nesse país. Mesmo porque, para a maioria deles, ideal é a Europa.

Pior são os comentários que recebem! Milhares de elogios... Ridículo. Ou o comentarista não entendeu o engodo, mas quis parecer inteligente, ou é do clã. Aí, você (não eu!) discorda e dá sua opinião, educadamente. Pronto! Está marcado, é considerado burro e péssimo, seja lá o que você (não eu...) faz.

E quando se tem o azar de esbarrar nessas pessoas que acreditam serem cultas porque leram não sei quem três vezes e não assistem ao Fantástico (ao menos assim o dizem), e tem que lhes mostar, a grosso modo de peão das letras, que elas são blefes, não mudam opinião de ninguém, não escrevem para quem precisa ler, são invejosos, não têm coerência e sofrem de distúrbio. Tem que ser atuante, esclarecedor e nunca egoísta. Além de saber receber críticas, seja de uma semi-analfabeta cultural que não suporta a maioria dos autores que “todo mundo lê” (não você, eu!).

Inteligência e intelectualidade pura você encontra no IPSIS LITTERIS (Blog do Grijó), que mostra que sabe, de forma compreensível, e te (a mim também) ensina sem cansar. Faz repensar.


E para quem se sentiu ofendido ou qualquer outra coisa, releia o título.


Agora, se me dão licença, duas últimas observações:

– Não venham pseudo-intelectuais de merda. Não vai adiantar.

– Não vai adiantar porque estou escrevendo um livro e tenho prazo. Sem tempo para brincar.

Ufa!!
Ufa!!
Ufa!!

Vírgula Antenada, 24/01/08

4 bedelhos!:

Marco Antonio 17 de fev de 2008 11:47:00  
Este comentário foi removido pelo autor.
Marco Antonio 17 de fev de 2008 12:11:00  

Taí um tema super interessante. Se tem um tipo que odeio (olha que é raro eu odiar), é esse de pseudo-intelectuais. Essa gente esnobe sem "merda no cu pra cagar". E olha que tenho que conviver com essas pessoas, haja paciência!
Eu até lembrei daquele seu texto sobre gente burra no cinema... aquele pessoal que fica comentando e tal... ô povo babaca.

Vírgula Antenada 17 de fev de 2008 14:29:00  

Que fofo!
Fiquei super lisongeada... Muito obrigada
pelo reconhecimento. Precisando, pra qualquer motivo, estamos aí.
Beijinho.

Juliana Gulka 18 de fev de 2008 22:04:00  

as piores são estas pessoas mesmo...
aquelas que você, ou tem vontade de dar na cara, ou então tem vontade de mandar calar a boca. Belo texto, fiel a realidade.
Um abraço

  © Blogger template Skyblue by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP