Banner: Marco Antonio ///// Produção de Layout: Mariana Nunes

A CASA CAIU...

>> quarta-feira, 19 de março de 2008


Onde antes havia uma família, hoje há saudade.
Onde antes houve um lar, sobraram escombros.
Onde havia harmonia, há lixo.
Onde corria um cachorro, há pedaços de paredes.
Onde havia um teto, há as estrelas do céu.
Onde havia falta de espaço, há espaço para o vazio.
Onde estava minha cama, há um buraco.
Onde estava a cama da minha mãe, há erosão.
Onde ficava a cama do meu irmão, há sua falta dolorida.
Onde havia o silêncio, há pedreiros.
Onde havia um pé de manga, vai estar a janela do meu futuro quarto.
Onde eu fazia xixi, minha mãe vai lavar roupas.
Onde eu brincava com meu cão, será meu repouso quando o corpo cansar.
Onde meus pais se amaram, guardarei meu carro.
Onde eu alimentava meus conhecimentos,
agora vou alimentar o estômago.
Onde minha comida era preparada, agora meu irmão vai viver.
Onde eu subia na árvore para pegar pêssegos e caquis, minha mãe vai dormir.
Onde havia o medo da chuva, não haverá mais baldes para aparar as goteiras.
Onde havia um sonho, agora se constrói uma realidade.
Onde meu pai sonhou um lar, haverá um lar para minha mãe.
E onde quer que ele e meu irmão estejam, este novo lar será a eterna morada deles!

47 bedelhos!:

Éverton Vidal 19 de mar de 2008 21:54:00  

Nossa brother. Muito forte!
A existencia tem dessas coisas...
Inté!

Igor Thiago 19 de mar de 2008 22:12:00  

Cara tu escreve uns textos dificeis de um LOIRO compreender kkk
Mas é isso aí :D
Onde eu mijava, agora eu continuo mijando :D
Minha casa ta di pé e do mesmo jeito kkk
Abraços =D

Puts!

Latinha 19 de mar de 2008 22:31:00  

Espero que onde havia carinho, agora continue existindo muito mais carinho, união e amor. [Se eu entendi direito] Muita coisa boa para você e para as mudanças que estão por vi...

Valeu pelo comentário... se tiver oporunidade, assista ao filme... é meio chatinho (ehehe), mas gostei... muitos detalhes, muitas "meia palavras"...

Abração!!!

(Vi no seu perfil que você é de Bauru... eu ia muito a Marilia, adoro essas bandas...)

Fábio Buchecha 19 de mar de 2008 22:48:00  

Mudanças externas e arquitetônicas nunca fizeram parte da minha vida. Fujo da mesmice tentando mudar a mim mesmo todos os dias, um pouquinho de cada vez.

=]

___________________________________
TemPraQuemQuer <<< Entra!

Dona Moça 19 de mar de 2008 22:57:00  

Casa nova...Adoro!!!

Sempre cria a ilusão de vida diferente..

Kaique Orrico 19 de mar de 2008 23:10:00  

literalmente, foi uma lapada na rachada.

que póóóó !

Henrique Felippe 19 de mar de 2008 23:45:00  

Intenso e presente! Emocionante cada linha e, o desfecho é maravilhoso. Lindo cara, sinceramente!

Um grande e saudoso abraço,
Henrique
Vai Vendo...

Nana Lopes 19 de mar de 2008 23:51:00  

Fortissimo menino Euzer!!!
Viu! Vim ver vcoe de novo!!
Beijos de letrinhas

SouMusic 20 de mar de 2008 00:05:00  

Mais importante do que ter materiais para refazer uma casa é ter o animo e a força necessaria para fazê-lo.

Parabéns!!!!

Jeff McFly 20 de mar de 2008 00:11:00  

Rapaz...

Esse texto foi um pouquinho dificil para eu entender. Deve ser porque como você usou muito "onde", eu me lembrava daquea músuca do Fagner.. oração de são francisco se não me engano.

Mas, vou entender. Ah! e não preciso de orkut para vir aqui no seu blog. Frequento ele diariamente (assinei até os feeds)

Abraço!

Mayna Nabuco 20 de mar de 2008 00:30:00  

Que nessa nova casa tenha muito mais amor, carinho e lógico FELICIDADE!
Esse texto foi tocante, você o escreveu com bastante sentimento!
Ah...É sempre bom compartilhar felicidade, fazer as pessoas felizes e ver que é algo recíproco!
Bjux!
Vlw por mais uma visita!

http://maynabuco.blogspot.com

Dragus 20 de mar de 2008 02:10:00  

Comento o texto com o olhar de quem não sabe se é fictício ou não, logo, não sei se desejo sorte ou se admiro a história.

Fiquei confuso em relação a parte de irmãos, quantos teria no caso? Se um deixa saudades e outro habitará um cômodo, seriam no total 3 irmãos (contando com o autor)?

Sendo verídico, desejo sorte na empreitada e paciência pra escutar o barulho... =)

Superar sempre!

Euzer Lopes 20 de mar de 2008 09:07:00  

Tirando a dúvida de Dragus aí em cima...
Era apenas um irmão. Ele e meu pai moram no "andar de cima". Aqui no "térreo" ficou apenas eu e minha mãe!

Mariana 20 de mar de 2008 09:37:00  

LINDO!

reformar a casa é sempre bom...
dá uma sensação de vida nova e recomeço que a gente sempre deveria sentir de mês em mês.

FaBiO 20 de mar de 2008 09:43:00  

putz.. qm q derrrubo?
será as enxentes
:/

Rafael Carvalhêdo 20 de mar de 2008 10:23:00  

Euzer! Muito bonito texto. Essa casa deve ter um significado muito grande, principalmente quando ela guarda boas lembranças.

Que a nova casa seja acompanhada de coisas boas pra vc.

Everaldo Ygor 20 de mar de 2008 10:25:00  

Olá...
Onde existe a lembrança...
Boas lembranças, constroem uma bela historia...
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/

Mikael Ferreira 20 de mar de 2008 13:37:00  

o cara legal

parabens
e quanta mudança eim mais é isso ai

PAX

Marco Antonio 20 de mar de 2008 14:17:00  

Lindo, Euzer.
Emocionante, de verdade. Ainda mais pra quem conhece um pouco de você.

Ah a vida e seus ciclos, recomeços...

Maximus (dm) 20 de mar de 2008 16:57:00  

Puxa vida... Lendo esse seus texto mi fez lemnbrar dos comentarios aqui da turma de casa.. De mudar, e ir pra longi.. Meu Deus.

Pra ser sincero não quero sair nunca daqui não, otimas coisas aconteceu aqui, e nossa.. é tudo di bom..

Emocionante e com razão o texto.
Ate Mais

May Angel 20 de mar de 2008 20:07:00  

As mudanças alimentam novas esperanças,alimentam nova vida!!!
Em qualquer lugar que você possa ir,ou queira ir...
se você tiver o essencial é ter a tua FAMILIA unida..aonde for ela sempre será o teu chão,tua base!!
Escreve maravilhosamente bem!!!
Parabéns...
Adorei o coments...Arigatoooo de coração..
Super beijo!!!

Flavitcho 20 de mar de 2008 21:51:00  

Mudar é sempre bom...
Ainda mais se é para melhor...

=]

May Angel 20 de mar de 2008 21:56:00  

Só pra responder...=)
Ah eu tinha entendido..
mais era só pra falar bem de "paulista" e mal do "carioca"...rs
Mas sem preconceito...(Respeito sempre)só pra não perder o veneno...^^
Ainda não terminei os coments...pretendo comentar em todos..mais toh com "preguiça" de xeretar todos então aos poucos comento todos!!!

=)

=***

Lanterna Verde 20 de mar de 2008 22:16:00  

legal o texto...
recomeçar dessa forma é sempre bom, mas fica a saudade, a nostalgia de momentos, partes da vida que é sempre bom guardar com carinho


vlw

Pam.! 20 de mar de 2008 22:32:00  

Pode sim!
eu tbm roubei de um blog por aí!

=DD

Adal 20 de mar de 2008 23:21:00  

O fluxo de vida está em constante movimento, alterando coisas concretas como casas e outras edificações e fica o significado de uma ou várias vidas nesses lugares... Até no lugar que vc mijava :P

http://pensamentosdoadal.blogspot.com/

Ana Paula Casagrande Cichowicz 20 de mar de 2008 23:24:00  

apaixonei pelo relogio de melancia...

†YaGo-SaN† 21 de mar de 2008 07:35:00  

Muito bom cara!
o blog ta ótimo!
abraços!

http://wallnosekai.blogspot.com/

Anônimo 21 de mar de 2008 09:25:00  

lindo...lindo e nostálgico.
GRande abraço e ótima Páscoa.
Felipe
www.muitoadeclarar.zip.net

Mayna 21 de mar de 2008 12:05:00  

Passando para desejar-lhe uma ótima páscoa!
Bjux!

http://maynabuco.blogspot.com

Edu 21 de mar de 2008 12:13:00  

Bonito texto!

"A casa caiu.. chama o pedreiro! Meu amor brigou comigo vou dormir lá no puteiro..."

rsrsr Teodoro & Sampaio!

Grande abraço, bom feriado!

Obrigado pela a visita no blog, eu já desisti de entender o cálculo da Páscoa! rsrs

Wallacy 21 de mar de 2008 12:59:00  

As coisas sempre mudam e é muito bom quando temos a possibilidade de mudá-las a nossa maneira!


Bom, eu não me considero feliz não, e você, é feliz?

Adal 21 de mar de 2008 15:29:00  

Era uma casa muito engraçada, não tinha teto não tinha nada... o resto vc já sabe...


http://pensamentosdoadal.blogspot.com/

blog 21 de mar de 2008 18:02:00  

Realmente não sei se esse tom usado é confessional ou não.
Quanto de verdade há no que se escreve?
Caso o texto tenha brotado apenas da imaginação, bom.
Caso não, ótimo.

Valeu, camarada.
Sempre em frente.

Daniel Leite 21 de mar de 2008 21:30:00  

A infra-estrutura das coisas no Brasil é um negócio absurdo! E olha que a natureza não nos castiga muito... Não temos grandes tremores de terra, nem muitos furacões, nem neve, nem vulcões ativos... É cair uma chuva para a casa cair.

Até mais!


Façam suas apostas (ou não)

http://pordentrodomundodabola.blogspot.com

Natália Coelho 21 de mar de 2008 21:58:00  

Nunca li um texto sobre uma reforma, que fosse sentimental!
Gostei!

Abraços

ps: verificaçao d palavras é uma merda! eu sempre erro

Isabela 21 de mar de 2008 23:48:00  

Putz, muito bacana o texto.
A estrutura, o tema tratado, como foi tratado e todo o sentimentalismo. Escrito muito bem.

Sucesso com o blog! :D

nana lopes 22 de mar de 2008 00:21:00  

Feliz pascoa querido Euzer!

slim shady 22 de mar de 2008 10:04:00  

Muito bacana o texto,só não entendi o que realmente aconteceu com sua casa.

abraço.

http://cinemaafinseumadosedewhiskey.blogspot.com/

Sir Ethan McKennitt 22 de mar de 2008 10:58:00  

Tipo, não foi só a casa que caiu né? Naõ entendi direito o que estava escrito nas entrelinhas...

Alberto Pereira Jr. 22 de mar de 2008 11:35:00  

que pelo menos as boas lembranças permanecem..

Juliana Gulka 22 de mar de 2008 15:04:00  

òtimo texto Euzer, e boa sorte com a casa nova, e com todos o sentimentos que ainda permanecem lá!
Beijoooo

Paulo César 23 de mar de 2008 10:36:00  

Faz temmmpo hein?, para a casa esta toda ''acabadinha'' desse geito

;P!!

http://www.areaconfidencial.blogspot.com/

NANA 24 de mar de 2008 19:21:00  

Que as mudanças externas tragam felicidades.
Bjs.!

Jornalista 25 de mar de 2008 06:53:00  

Caramba.. Dolorido... Nostálgico.. Mas como alguém disse, melhor ter saudades, do que não ter passado por bons momentos... Mas que texto triste viu... Pegou muito pesado... E ficou muito bonito.. Nota 10!

Ana Marques 29 de mar de 2008 23:52:00  

Não sei qual é a dor que você sente. Porém escrever não é para que ninguém entenda, mas que compartilhe.

Compartilho contigo.

claudiopl 11 de abr de 2008 11:37:00  

Euzer, parabéns pelo blog e pelos textos. Saudades do brother. Realmente o Dio faz muita falta.
Grande abraço.

  © Blogger template Skyblue by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP