Banner: Marco Antonio ///// Produção de Layout: Mariana Nunes

COMO TEM GENTE BURRA NESTE MUNDO - episódio 09 - no Supermercado

>> terça-feira, 11 de março de 2008

Tem muita gente que gosta, eu sei. Mas eu detesto, abomino, tenho urticárias, toda vez que preciso ir a um supermercado. E vou pelo menos uma vez por semana, pois levo minha mãe... Mas se eu pudesse, juro que passaria a léguas de distância.
E lá realmente é o que eu posso chamar de “antro da burrada”!
A começar pelo estacionamento: sempre tem uma besta que não sei como tirou carteira de habilitação que não sabe estacionar. E acaba parando metade do carro numa vaga e a outra metade na vaga do lado. E não é possível que ele não perceba isso. Pois o cara estaciona, sai do carro, vai fazer suas compras, e passa horas lá dentro... Como consegue? Gente burra consegue estas coisas impossíveis.
Outra coisa que me irrita é quando estou andando e, bem no meio
do corredor, aquela coisa medonha impedindo a passagem: o maldito carrinho. Tento ir para um dos lados, não passa. Para o outro, muito menos. E ele lá, esperando seu dono ou sua dona escolher entre as 395 opções de leite condensado ou pacotes de arroz ou sabonetes ou bolachas... E eu fico esperando, com aquela cara de “vamos ver até onde vai a folga”.
Outro caso típico é o dessas mães que, para não carregar a
criança mala, jogam-na DENTRO do carrinho. A criança se esfrega em todas as mercadorias, pisa, baba, peida, tudo isso em cima de um pé de alface ou de uma melancia ou do quilo de carne... E ela nem tem mais idade para ficar naqueles carrinhos com acentos especiais para bebês. E depois de passar no caixa, você será o próximo a pegar o carrinho vazio para fazer suas compras. Higiene, zero! Falta de educação, dez!
E falando em falta de educação, o pior de todos os exemplos. Sim, porque isso é pura falta de educação:
alguns supermercados disponibilizam alguns caixas para atendimento a idosos, gestantes, mulheres com crianças de colo ou deficientes físicos. Pois bem, mas na foto toda tremida você pode ver que o senhor não tem 60 anos, não é gestante, não é deficiente físico e não carrega criança de colo, nem mesmo aquele rapaz que está junto dele. Já a senhora, esta sim, merecedora deste caixa diferenciado, tem de esperar os dois bonitões para ser atendida.
Fora aquelas pessoas que fazem a chamada "compra de mês" e querem passar no caixa-rápido (30 volumes). E ainda brigam se alguém reclama.
E o pior disso tudo, o pessoal do supermercado olha, olha, olha, vê tudo isso acontecer e nada faz.
Eu odeio supermercados! Principalmente por não viver sem eles. E porque sei que lá vou encontrar vários tipos de “gente burra que existe neste mundo”.

48 bedelhos!:

Tyaguim 11 de mar de 2008 22:48:00  

“vamos ver até onde vai a folga”.
O s dois últimos (criança peidorreira e senhores malandros) são os "melhores"

Raphaela 11 de mar de 2008 22:48:00  

Tambem odeio esse antro. Por isso passo longe. Adorei seu post, parabens pelo blog. Beijo.

Fábio Buchecha 11 de mar de 2008 22:56:00  

Eu procuro nem estressar com essas coisas, senão fico louco =]


Em tempo:
Concordo plenamente que temos que nos valorizar Euzer, mas isso é amplamente diferente de ser abusivo. Tenha como exemplo o Google, que é a empresa que mais se valoriza, e não cobra nada por serviço nenhum. Tem que saber fazer cara. Conheço bem os custos de se desenvolver softwares do porte de um Adobe After Effects e lhe garanto que não justifica tanto dinheiro por ele. É só ver a gama de softwares que desempenham as mesmas funções e são gratuitos. São muitos. Nada justifica cara.

___________________________________
TemPraQuemQuer <<< Entra!

Lucas Conrado 11 de mar de 2008 23:29:00  

Realmente, mercados são estressantes. O que me mata de raiva nos mercados aqui perto de casa é na hora que vou comprar pães. O mercado demora umas 3 horas pra prepará-los e quando ficam prontos, as pessoas vão na cesta como se aquilo valesse a vida delas. Chega a dar medo as vezes.
Isso sem contar com os benditos carrinhos que você citou aí...

Caique Gonçalves 11 de mar de 2008 23:31:00  

de fato tem muitos filmes interessantes em cartaz, muito em virtude dos indicados ao oscar chegarem às terras tupiniquins só agora.

Abs

Dih da Pâhzinha... 12 de mar de 2008 00:13:00  

Realmente os supermercados podem deixar alguem louco, e as filas eu nem do bola mais pq ja me acostumei, e quando eu me mordo de verdade costumo levar algum "brinde" só pra acabar com meu stress...

Eu sofro, eles sofrem.

E dai volto pra casa feliz

auhauhahuahuauhhuaa

http://dihdusbeko.blogspot.com/

Henrique Felippe 12 de mar de 2008 00:14:00  

Euzer, és preciso mais uma vez meu camarada... e você deixou claro do começo ao fim do post... Educação, é isso que falta a "nossa nação"... Os citados(e algumas vezes acabamos inclusos nessa classe, por mais simples que seja o evento, mas pode ocorrer) são incapazes de pensar no próximo... Garanto que o Animal que estacionou daquele jeito é o primeiro a xingar #¨#¨%¨% absurdos se fosse ele a tentar colocar o carro naquela vaga... Garanto que a Idiota rodaria a saia se tivesse um carrinho na frente dela impedindo a passagem... etc... É muito fácil fazer com os outros, mas quando o calo é pisado, fica foda mermão...

"E ela nem tem mais idade para ficar naqueles carrinhos com acentos especiais para bebês. E depois de passar no caixa, você será o próximo a pegar o carrinho vazio para fazer suas compras. Higiene, zero! Falta de educação, dez!" Absurdo isso, de menor proporção com o caso do Caixa Especial...

Que país é esse....fala sério...

Boa noite camarada...
Henrique
Vai Vendo...
http://henryfelippe.blogspot.com/

Lara Sousa 12 de mar de 2008 00:14:00  

Eu axo tão divertido, mas depois de ver seu ponto de vista concordo em algumas questões

beijO

Calango Net News 12 de mar de 2008 00:27:00  

Supermercado é um lugar e tanto de "desconcentação" e irritação.

Em Brasília há uma penca desses casos. E a cada dia aumenta o número de antro da burrada.

Mas precisamos de lá para poder comprar "o de comer". Por isso ainda precisamos dele. Mas sou a favor dos pais irem fazer as tais, mas sem os filhos.

Abraço!

http://calangonetnews.blogspot.com/

Conquistadores (Didixy) 12 de mar de 2008 00:51:00  

Concordo com você. Eu fico extremamente irritado quando vejo isso, principalmente pessoas que não sabem estacionar o carro, ocupando lugar, que daria para colocar outro.

Esse final de semana passado, fui ao Shopping e estava lotado. Demorei para achar o um lugar, mas eu vi vários carros, (FORAM VÁRIOS) que os BURROS estacionaram na vaga o carro de travessado ocupando três vagas...JURO.

Deu vontade de parar o carro e ficar ali esperando o lazarento para xingar ele.

Fala sério né!!! Nego sem noção!!

Nome: Ben 12 de mar de 2008 09:34:00  

Belo post heim?
hehehe
Tbm odeio isso
;)
Ben

Thaíssa Vasconcelos 12 de mar de 2008 09:37:00  

Na verdade eu acho que a grande maioria é de gente folgada mesmo, também me irrito bastante em supermercado, muito mesmo, principalmente com os carrinhos no meio do caminho... mas é a vida, temos que conviver com o outro, com a falta de educação do outro, com a falta de bom senso, de todo jeito, então não nos resta alternativa que nos acostumar com as visitinhas ao supermercado, porque como você mesmo disse, não podemos passar sem ele...hahaha


abraço!

o|£ü¢$i®£P 12 de mar de 2008 09:57:00  

Hahahaha Muito show de bola seu post, retrata 100% da raiva que a maioria passa em supermercados sem contar que agente ri dessas coisas pra não chorar né, por que o que tem de gente folgada e tapada no mundo não é brincadeira.

Cara parabéns pelo seu blog, muito irreverente e realista. Nota 10 =)

HenriqueM 12 de mar de 2008 10:07:00  

Eu adoro supermercados.
Até porque eu sou uma das pessoas que coloca criança peidorreira no carrinho, furo fila de idoso e deixo o carrinho no meio do corredor.

Mas estacionar eu não estaciono metade em uma vaga e metade na outra... Eu estaciono na calçada mesmo, fazendo com que as pessoas tenham que dar a volta pelo carro, andando pela pista.
:)


Haha, brincadeira, estou apenas implicando com você.
:)

Concordo com as coisas que você disse.

Mas sabe o que é o pior?
Pessoas que comem dentro do mercado, e deixam a embalagem em qualquer lugar e na hora de ir ao caixa não pagam o valor da mercadoria.
Odeio gente que se acha esperta demais.


--
Abração.

Juliana Gulka 12 de mar de 2008 10:43:00  

Gostei da parte em que você falou dos carrinhos, tanto quando eles estão no meio do caminho, quanto as crianças. Falando em crianças, nunca nenhuma bateu com o carrinho nas suas pernas? E olha que dói....
A minha irmãzinha bem que tenta conduzi-lo sózinho, mas a gente não deixa; se quer brincar ( ou ajudar) alguém vai por a mão ali junto pra não encomodar as outras pessoas.


E Euzer, repassei um MEME para você, vejá lá no meu blog!
Beijocas!

edu 12 de mar de 2008 12:13:00  

Eu adoro supermercado!

Viro do avesso o retrovisor de todo mundo que estaciona errado.

Empurro pra longe, com um sorriso nos lábios, qualquer carrinho que esteja em "fila dupla".

E faço escândalo se tiver marmanjo em fila pra idosos, ah faço mesmo!

Raoni Frizzo 12 de mar de 2008 14:06:00  

HUAhuahauhau...e o pior é que é verdade mesmo! Tudo isso que você colocou no teu texto é muito fácil de se ver num supermercado.

Tem muita gente folgada mesmo, dá puta raiva. Eu rachei de rir com a parte das crianças que vão dentro dos carrinhos...ehehehehe

Cara, muito bom teu post. Você conseguiu ser engraçado mesmo expressando toda sua raiva!

Raoni
http://www.blogonews.blogspot.com/

Flá Romani 12 de mar de 2008 14:15:00  

Vc definitivamente ODEIA supermercado heim !!! EU NÃO TENHO PACIENCIA ! O que vc escreveu ai é a mais pura realidade ^^

Sinceramente? 12 de mar de 2008 15:06:00  

Muita bom seu ponto de vista!
Eu odeio supermercados, pq simplesmente eu quando estou lá quero comprar coisas q o dinheiro nunca dá...Acho divertido ir ao supermercado comprar coisas fúteis...tipo lançamentos de chocolates, biscoitos, iogurtes,queijo cara, mostarda importada...rsrs O legal é isso!
Odeio fazer compras de mês,pq nessas compras o carrinho vem cheio de arroz feijão,carne,óleo,tudo que não me dá prazer algum em comprar!hahahaha
O que me dá orgasmos multiplos e entrar lá p/ gastar com os supérfulos...hum que delícia!
Aí nessa horas eu nem ligo,se não há vagas,se o a fila tá enorme...e todas as outras coisas q vc citou!rsrs

:)

Regy Angel 12 de mar de 2008 17:14:00  

Eu odeio supermercado...
faz uns tres meses que nao passo perto de um...
é um absurdo a falta de educaçao...
mas fazer o que né...
a gente nao vive sem...

мιℓℓα вєzєяяα 12 de mar de 2008 17:54:00  

Eu adoro² mercado...

kkkkkkk

É legal, mas é que eu sou do interior, sabe, então aqui nem tem estacionamento.. nem nada.. logo não tem problemas...

Vidatitude

Net Esportes 12 de mar de 2008 18:05:00  

Gente burra, falta de educação e falta de respeito com os outros.... de qualquer forma o mercado ou hipermercado é essencial hoje em dia, aliás sempre lotado tb !!!!!!!!!!

http://netesporte.blogspot.com/

Gaia 12 de mar de 2008 18:34:00  

Quer ficar totalmente louco no supermercado??? Vá na vespera de Natal! PQP nunca vi mercados tão lotados na minha vida!!! E com pratilieras tão vazias em tão poucos minutos!

Mas tenho algo a discordar, sobre os carrinhos parados no meio do caminho, é pode irritar uma pessoa, mas a mim não, acho que pq já estou acostumada, mas acho super natural.. por isso, vo passando e vo empurando td q vejo pela frente xD kkkk....
Ah... sinceramente, eu adoro super mercados xD

Mas oq concerteza da mais raiva é a da fila especial... Putz, é que nem nos ônibus! As pessoas não respeitam!!!

Magazine ÓPe 12 de mar de 2008 18:44:00  

Supermercado? Ãh?

AHahuaha

Marco Antonio 12 de mar de 2008 23:34:00  

Eu odeio com toda a minha força o supermercado. Odeio todos os exemplos que você deu. O caixa rápido aqui é de 10 volumes... aí você imagina um desgraçado compra do mês... E como todo o respeito às donas de casa... mas tem muitas que vão para... PASSEAR! E você, q está com um pouco de pressa... tem que se submeter a isso.

Ah até me exaltei só de pensar em supermercado.

LUCAS DE OLIVEIRA 12 de mar de 2008 23:42:00  

seu blog é demais, cara!

parabens!

estou te linkando no meu!

link-me tbem!

abçs

Flavitcho 12 de mar de 2008 23:44:00  

Seria cômico, se não fosse trágico...
=/


Obrigado pelas visitas... Fico feliz que goste dos meus posts lá do "Divagando". =]
Um abraço, valeu!

Ed Cavalcante (POST SÉRIES) 12 de mar de 2008 23:50:00  

SERÁ O ROTEIRO DO FILME "UM DIA DE CÃO" ?
CARA, PROCURA UM SHOPPING PEQUENO, FAZ O MESMO COM O SUPERMERCADO

XyBeR 12 de mar de 2008 23:51:00  

pior coisa q tem eh gente q naum sabe estacionar na vaga e fica pegando 2 em vez de uma soh.

o'Ricci 13 de mar de 2008 00:06:00  

Eu odeio supermercados como um tabagista odeia os cigarros!

é fatal =/

Alexander Bastos 13 de mar de 2008 00:37:00  

...é tudo verdade

Jornalista 13 de mar de 2008 06:57:00  

hehehehehe... Essa de passar a compra toda no caixa-rápido é fogo... E sabe, se eu vejo que meu carrinho está cheio e tem uma pessoa com poucos produtos, eu deixo ela passar... Quantas vezes eu já não fiquei na fila com um pacote de pão ou de açucar? E de que que adianta ter 30 caixas se só 10 atndem e os outros ficam o dia todo fechado... Acho divertido ir ao mercado, pois sempre "causo" um pouco, mas na hora de pegar a fila, ai o ânimo vai pro brejo...

felipe 13 de mar de 2008 08:56:00  

Gente......achei alguém que não gosta de supermercado igual a mim....
já estava me sentindo uma espécie em extinção.
Adorei...
Abraços
Felipe
www.muitoadeclarar.zip.net

PΣÐŘΘ 13 de mar de 2008 10:07:00  

Concordo plenamente! Aliás, sábado à tarde no supermercado é um suicídio...não acham?

http://bl-dopedro.blogspot.com/

Nina 13 de mar de 2008 10:12:00  

Eu tenho esse tipo de fobia com shoppings... como tem gente lerda dentro de um shopping... eles anadam bemmmmm devagar e fazem questão de andar lado a lado... impedindo a passagem de pessoas que estão ali com um objetivo fixo e não apenas olhando vitrines!

Mariana 13 de mar de 2008 10:19:00  

hauiahiuahiuahau
pior que é verdade.


Respondendo um comentário seu feito no meu blog, eu também acho uma puta de uma injustiça a pessoa nos seus 16/17 anos ter que escolher uma possível profissão para o resto da vida. Sei lá, a gente deveria ter que decidir isso só com 24/25 anos, depois de trabalhar com quase tudo e blá blá blá.

Adorei o seu blog, vou linkar.

Ed Cavalcante (POST SÉRIES) 13 de mar de 2008 12:22:00  

EU LEMBREI DA CENA DO GUERRA DOS SEXO, SÓ QUE NÃO ENCONTREI UMA FOTO QUE PUDESSE RETRATÁ-LO! RODEI PELA INTERNETET E NADA! OBRIGADO PELA VIVSITA!

joyce 13 de mar de 2008 14:37:00  

Falando em mercado vc me lembrou de um q tem aqui perto de casa onde o pessoal burro foi o do próprio estacionamento do mercado. Sou completamente a favor de vagas especiais para deficientes e idosos, mas o que fizeram por aqui é brincadeira... Parece que está ao contrário, acho que umas 70 ou 80% das vagas estão reservadas para eles... Como assim??? Acho que ficou exagerado... Sou completamente contra parar nessas vagas, mas tem dias q dá até vontade de desistir já que estas são as únicas disponíveis, é lógico... Fora que as vagas de idosos são do mesmo tamanho das vagas comuns, isso não adianta muita coisa, tinham q ser um pouco maiores. Vejo, por exemplo, a dificuldade do meu avô para estacionar dentro da vaga (isso qdo ele vai de carro ao mercado, ou seja, só em dias de compras mto grandes, já q na maioria das vezes ele prefere ir a pé ou de ônibus...). Juro q não entendo...

Aqui Tem Tudo 13 de mar de 2008 14:54:00  

Desde já obrigado por vistar meu blog!Volte sempre q puder.

Realmente as piadinhas do Joaozinho e d+!

Parabens pelo blog!
ah pus vc em meu amigos dpois passa la.T+

Mariana 13 de mar de 2008 17:54:00  

hahaha gostei!!! tb concordo... odeioooo gente burra e supermercado...

bjssssssss

Flávia Aguilhar 14 de mar de 2008 17:23:00  

Ahhhhhhhhhhhhhh... Puxa... Me senti "ofendida" agora... Porque, assim, eu AMO ir ao supermercado!!! hehehe

Mas não, não passo no caixa preferencial. Não, não largo meu carrinho no meio do corredor. Não, não uso o caixa rápido a menos que esteja realmente com poucos itens...

Ainda assim, e mesmo vivenciando todas essas aberrações que você relatou todos os meses quando vou ao supermercado exercer meu lado "dona de casa", eu amo essa tarefa... tenho até uma história divertida (pra não dizer estúpida) sobre um supermercado no passado...

Se você tiver um tempinho, e paciência pra ler meus textos longos, dá uma olhada lá: Tem tudo a ver com esse assunto!

http://donafarta.blogspot.com/2008/01/histria-de-um-delrio-consumista.html

Beijos!

Pra mim é tudo isso mesmo, quase nada... 15 de mar de 2008 00:13:00  

O pioooooooorrr de tudo são as bestas que empacam no meio do caminho. Se fosse só o carrinho blz, a gente vai lá e tira da frente, mas a anta fica lá, imaginando sei lá o que, parado que nem um poste, e sempre é surdo, sempre você tem que pedir licença mais de uma vez.
Porém, como mamãe sempre vai ao mercado, passo por este tipo de xatiação poucas vezes...graças.....
Mercado só não é pior que feira de rua. Gritaria do c@r@l#*.....

Mans 18 de mar de 2008 09:46:00  

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
cenas do cotidiano

May Angel 20 de mar de 2008 20:48:00  

hauhauhahu

coisas do cotidiano...
não vivemos sem...e temos que aguentar..esses "casos normais da vida"

=*

giiblog 22 de mar de 2008 00:20:00  

Rsrsrs!
Morri de rir aqui, pra não chorar. Porque é tudo verdade mesmo.
Estas situações acontecem o tempo todo, por conta de pessoas sem educaçao e sem noção. Aff, que inferno!
E ninguém faz nada, porque não quer arrumar briga. E confesso, sou uma dessas. :P

Danilo Lopes 28 de mar de 2008 09:52:00  

Olá,Euzer! Adorei o post, e agora, escrevo o meu "bedelho" aqui... rsrs Vamos fazer uma campanha "Não aos imbecis no supermercado"? rs Abraço!

Danilo Lopes 28 de mar de 2008 09:52:00  

Olá,Euzer! Adorei o post, e agora, escrevo o meu "bedelho" aqui... rsrs Vamos fazer uma campanha "Não aos imbecis no supermercado"? rs Abraço!

Andrea Savoia 14 de abr de 2008 22:20:00  

Gostei do seu blog, do jeito que escreve. É inteligente e ao mesmo tempo divertido!

  © Blogger template Skyblue by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP