Banner: Marco Antonio ///// Produção de Layout: Mariana Nunes

DIA DOS PAIS - ELE MERECE?

>> segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Meu pai sempre foi um homem totalmente dedicado à família. Por isso nunca engoli direito a idéia de ele ter separado da minha mãe, depois de 49 anos juntos.


Nunca tivemos uma vida de milionários, mas nunca faltou comida em casa. Nunca meu pai atrasou uma conta, nunca deixou de dar a mim e ao meu irmão o curso que quisemos fazer, os livros que precisamos comprar. Aliás, acho que ele se sacrificou muito para tivéssemos o melhor em termos de estudos.
Aí, uma bela e ensolarada manhã de outubro de 2006, sou acordado para receber a notícia que ele tinha ido embora. Minha mãe, lívida, parecia não acreditar. Um casamento desfeito assim, sem mais nem menos, sem razão, sem justificativa. E eu, vendo meu pai saindo sem se despedir.
Não consegui perguntar se ele voltaria. Não consegui perguntar quando eu iria vê-lo de novo. Não sabia nem o que eu deveria fazer. Agi acho que por instinto. De repente, várias pessoas chegavam, perguntavam para minha mãe o porquê de ele ter partido.
Pelo menos ele permitiu que fôssemos conhecer sua nova casa. Onde mais tarde ele conseguiria tirar meu irmão de minha mãe e levá-lo para morar com ele, mas isso é outra história.
E agora é assim... Várias vezes eu o visito. Mas ele nunca aparece pra falar comigo. Tenho tantas perguntas que ficaram sem respostas e sempre surgem novas.
E neste domingo, estarei lá de novo.
Sim, meu pai merece meu melhor no dia dos pais. Pra ele, as velas mais iluminadas, as orações mais fervorosas. A saudade mais sincera.
Mais que um ídolo, mais que um amigo, mais que um amparo, mais que um apoio. Ele foi simplesmente meu pai. Meu herói. O homem mais importante da minha vida. Alguém que sempre será motivo de orgulho e felicidade em minha vida.
Te amo, pai! Como sempre, sempre e pra sempre! Até domingo!


Meu pai faleceu em 21 de outubro de 2006. Era uma linda manhã de sábado.


.

69 bedelhos!:

Fernanda Fernandes Fontes 5 de ago de 2008 00:12:00  

Parece q mtos pais têm msm o dom de deixar respostas suspensas. Aprendi depois de mto brigar e bater a cabeça, q o amor q eles têm para nos oferecer talvez não seja o que gostaríamos, mas nem por isto é pequeno...só é diferente. E não tem jeito, os amamos de qq forma! E isto é q importa.

Antonoly 5 de ago de 2008 00:18:00  

Pois é, pelo menos você tem um pai para poder comemorar nesse Domingo... o meu morreu quando eu tinha apenas 9 meses de vida e de lá para cá a minha mãe é o meu pai também.

carla m. 5 de ago de 2008 00:19:00  

Euzer, querido!

acho que nunca vamos entender alguns mistérios. mistério nesse sentido meio exotérico, dessa relação divina que a gente tem com quem nos cria, nos transforma no que somos.

mesmo assim, sempre nos resta sentir o sopro que nos inspira.

beijo!

Edu 5 de ago de 2008 08:15:00  

Se te faria um bem maior, talvez pudesse perguntar a ele sobre o que aconteceu. Mas se está tudo bem agora, aproveite o carinho!

Lucas Conrado 5 de ago de 2008 08:16:00  

Poxa... mas saiu sem mais sem menos assim?
bem, mas por todo sacrificio que fez, merece sim todo amor e dedicação do mundo!

Jornalista Azarado 5 de ago de 2008 10:39:00  

Cara, seu pai está com você. Está em você. Ele deixou muitas coisas boas, muitas liçoes, muito aprendizado.. E ele está entre nós, pena que nós ainda não somos tão bons aponto de ouvir o que ele fala.. Ma pode ter certeza, ele está so seu lado, respondendo a todas as suas perguntas.. Te ajudando como sempre. E se orgulhando a cada dia mais da familia que ele criou...

Abços!

Wander Veroni 5 de ago de 2008 11:59:00  

Oi, Euzer!

Uma bela homenagem ao seu pai de quem, com toda certeza, vc nutre um amor maior do mundo. Aproveite enquanto ele está entre nós e faça as perguntas que tem vontade de fazer. Dê a ele a oportunidade da resposta. Mesmo que essa seja um não ou um sim. Excelente texto pra variar, né...hehehe...rs.

P.S.: Adorei a camapnha q vc colocou no blog sobre voto consciente...o humor tem esse poder de nos levar à reflexão.

Grande abraço,

=]
_______________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Marcelo 5 de ago de 2008 13:55:00  

Tenho um filho de 6 meses e, gostaria muito de um dias ler estas palavras escritas por ele... como pai, não seu (rs), mas o Daniel, meu menininho, me emocionei.
Abraços

Gustavo Hermes Soares 5 de ago de 2008 15:17:00  

meu pai é assim.
meu pai é igualzinho!!!

e me dá medo pensar que eu possa me surpreender um dia vendo-o ir embora de casa.
muito medo.

a coisa que ele mais preza no mundo é a família.
se ele fosse deixá-la, um dia, eu nao teria motivos para acreditar em mais ninguém.

mas pai é tudo. é um amigo de verdade.

Edu França 5 de ago de 2008 22:44:00  

Que lindo essa delcaração de amor!

Levy Lopes Furtado 5 de ago de 2008 22:46:00  

Bela homennagem ao seu pai cara.

Erich 5 de ago de 2008 23:17:00  

Meus pais estão casados a 35 anos e om um amor e uma harmonia de dar inveja.
Pai é sempre nosso heróis mirim, nosso inimigo da adolecencia e nosso companheiro qdo adulto.

Rafael Portillo 5 de ago de 2008 23:22:00  

Cara, eu sinto muita falta do meu pai. Faz um ano que ele morreu.

Pelo menos, atualmente eu sou pai de um menino de 3 anos.


http://rafaelportillo.blogspot.com

Marco Antonio 5 de ago de 2008 23:33:00  

O meu certamente não merece. A única contribuição dele para mim foi seu espermatozóide.

Quem merece, já se foi...

Rhenan 5 de ago de 2008 23:45:00  

O meu também sempre foi um ótimo pai, do jeito dele. Foi meio ausente, mas sei que ele ama todos os filhos e nunca deixou nada faltar também.
Separação é sempre difícil para os filhos, mas às vezes (como no caso dos meus pais) é a melhor solução.

Abração

Rhenan
www.sexpride.blogspot.com

Jonatas Fróes 6 de ago de 2008 00:11:00  

Pai é pai. Podem cometer erros no decorrer da vida, mas são únicos. Felicidades para nossos pais que ainda vivem com saúde e alegria!

[]'s

Dá uma passada lá quando puder ^^
http://musica-holic.blogspot.com/

* Mariana 6 de ago de 2008 00:13:00  

O amor é uma coisa que dura muito além da vida. Aliás, se tem algo nessa vida que realmente vale a pena, é o amor.
Seu pai deve estar numa nuvemzinha bem fofinha, olhando você brincar com o Pepe.
Que bom que ele plantou coisas boas, e deixou um filho tão especial como você.
Seu post demonstra mais do que sensibilidade.
:*

Danilo Moreira 6 de ago de 2008 00:18:00  

Eu imagino como deve ser isso. Ir assim, do nada... como dói... passei isso com um vizinho que o considerava como o avô que eu já nao tinha.

Porém, foi atraves dessa morte, que eu entendi de fato quando Renato Russo cantava: "É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanha."

Hoje amo meus pais como nunca, mesmo quando ás vezes meu proprio genio parece dizer ao contrario.

Abçs!!!

Veja se vc já se acostumou com esse barulho que já faz parte da nossa vida.

Que barulho?

Então, confira:

----------------------------------
Delírio - Um Barulho...

http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.
----------------------------------

raquel 6 de ago de 2008 01:41:00  

Meu pai já se foi, e muitas vezes me pego lembrando conversas que tive com ele, e me questionando sobre a visão que ele teria de determinada situação, dessa forma consigo "conversar" com ele ainda hoje...Enfim... Essa história de pai me emociona. Sou completamente apaixonada pelo meu e tenho plena certeza que ele determinou o tipo de pessoa que eu sou, pois tinha paciencia infinita de conversar horas comigo mesmo quando eu ainda era criança.

Quanto a a loira de neanderthal, fiquei curiosa...rs

Vou te cobrar que me conte mesmo como ela veio parar na Terra.

Abs
Raquel

Dan Souza 6 de ago de 2008 11:36:00  

Depois que eu terminei de ler seu texto, pensei sinceramente em não comentar, pq eu simplesmente não tenho palavras pra descrever o que eu senti no final.
Mas achei que seria injusto eu não vir aqui pelo menos pra te dizer: Belo texto!
Mesmo que isso não seja nem uma pequena parte do que eu queria que você soubesse, mas que infelizmente não consegui transformar em palavras.
Me emocionei com o texto!

Bjo

Flavitcho 6 de ago de 2008 14:59:00  

Tem tanta pergunta que fica sem resposta. E a gente só esperar que um dia possa entender.
Não sei se a dor maior é de um filho que vê o pai ir embora ou se é de uma pai que vê um filho ir embora. Talvez uma nem seja maior que outra, mas dói de qualquer forma.
E depois vai ficando a saudade e também as boas lembranças. Mas esquecer não tem como. Não mesmo.
:)

:*

DuDu Magalhães 6 de ago de 2008 18:06:00  

Ah!

[Pensando]


Gostei do seu post! Mas prefiro não fazer um comentário 'perfeito'



PS: Meu pai faleceu faz um tempo ai, e... abrass

Mariana 6 de ago de 2008 20:21:00  

Euzer....

Eu me emocionei aqui....

Linda homenagem..

beijos..

e, nao poderia faltar: BOM BLOG!!!!! hehehehe

g 6 de ago de 2008 21:29:00  

Sempre digo: Dia dos pais é todo dia e não uma data só.

Fernanda Santiago Valente 6 de ago de 2008 21:34:00  
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Santiago Valente 6 de ago de 2008 21:46:00  

perdão.
não vi justamente a´última frase :-((((((((((((((((((((((((

Bruno Monin 6 de ago de 2008 22:30:00  

Nem sei o que dizer, ainda não passei um dia dos pais sem o meu. Sinto por você, deve ser mega triste...

Mas de um jeito ou de outro ele está sempre com tua família.

Nos visite também.

Bruno Monin > www.BloGZinho.com

Leow! 6 de ago de 2008 22:31:00  

Agora sim, sem problemas tecnicos! hehe!

Eu também tenho o pai falecido, é uma pena, mas temos que ser fortes nao é?

Quero dizer que adorei o texto! Ficou muito sincero e bonito. Gosto quando o texto nos da as respostas nas entrelinhas.

Parabens pelo Blog, está nota 10! Vou ler mais um pouco aqui os seus textos.

Um abracao e parabens mais uma vez.

Hugo Henrique 6 de ago de 2008 23:01:00  

Pai é pai... as vezes ele falha, erra.. nos magoa, nos faz sofrer... Mas é o nosso pai, ne?
Eu amo o meu.. e ficaria muito triste se ele se fosse assim... eternamente... =/

O dia dos pais deve ser tão triste...

Abraço!
Tudo de bom pra você!

Paulo Henrique 6 de ago de 2008 23:05:00  

Meu pai não merece nada
pai ausente de merda ¬¬
é o pior dia esse ! pq meuu pai e separado da minha mãe e raramente nunca vem me ver

http://frango-de-bigode.blogspot.com/

Lê Stabiili 6 de ago de 2008 23:37:00  

ahhhh....
Meu pai;...meu pai merece tudo sim!!!
Apesar de já ser o terceiro ano consecutivo que eu passo este dia longe dele,mas por escolhas minhas,eu que desde sempre nunca me dei bem com minha familia e quis cair pro mundo...Tive que me sentir só pra hj ver o qto amo meus pais....
Sinto muita saudade deles...e mais uma vez o dia dos pais será uma data triste...ficarei aqui sozinha novamente...!!!
Tudo tem um motivo!!!

adorei o post...adorei o blog!!!!

Boa noite e tudo de bom!

Fernanda Fernandes Fontes 7 de ago de 2008 00:10:00  

Que linda a foto do seu pai! Completou o post...e só essas ficaram bonitas msm, não precisou de mais nada!

Bjão!

UNDERGROUND 7 de ago de 2008 09:50:00  

Que homenagem legal! Pai é uma pessoa que comente erros, como qualquer outra...

^^

flw!

Fábio C. Martins 7 de ago de 2008 21:41:00  

Ele pode não dizer quais são as respostas, mas, como sempre fez, ele te ajuda a encontrá-las.
A perda é difícil, porém, como tudo na vida, é um aprendizado também - nos faz crescer.

Forte abraço pra ti, e pode ter certeza que seu pai estará em minhas preces no dia de domingo!
_________
Folhetim On Line - Hora Marcada

Anônimo 7 de ago de 2008 21:42:00  

Nossos pais nossas preciosidades.

Gostei muito do post, ótimo blog com um conteúdo maravilhoso.

Rubens Correia
www.blogdoubinho.cjb.net

__((::_Perfect Girl_::))__ 7 de ago de 2008 22:27:00  

Sinto muita falta do meu pai... Sabe que hoje mesmo estava escrevendo um texto para homenageá-lo no meu blog, até que estava ficando "simpático" mas a coragem nao deixou posta-lo...

Gostei, você disse o que deveria ser dito...

!

Me visite:

http://nelinhalokinha.blogspot.com

Fábio Buchecha 7 de ago de 2008 22:53:00  

Inveja de você cara. Não falo com meu pai há muitos anos (e olhe que ele mora na mesma casa que eu).

E o pior é que eu não sinto a menor vontade de passar o dia dos pais com ele. Aliás, nunca nem o considerei meu pai.

___________________________________
Pois Bem...

Ana Lucia Nicolau 7 de ago de 2008 23:19:00  

É Euzer, os filhos tendem a achar que os pais (pai e mãe) são inseparáveis, perfeitos ...precisamos viver e o tempo da vida faz com que percebamos que os pais são como todos nós somos...seres humanos pacíveis de erros e acertos.
Também perdi meu pai, há 06 anos...só Deus sabe a falta que ele faz! Meu querido pai heroi, meu amigo, conselheiro, meu professosr de Direito.
Que Deus tenha em festa todos os pais nesse domingo!

Dih Fernandes 8 de ago de 2008 00:26:00  

Pelos comenarios de alguns eles nem leram o eu pos!!!

As vezes isso aconece cara! Eu ainda enho como comemorar com o meu pai e sinceramen meu pai ambém merece muio e bem mais do que posso oferecer a ele!!! Concereza ele é meu heroi!!!

http://www.avidanobeco.com/

FOXX 8 de ago de 2008 00:55:00  

lindo
triste
mas lindo

Alma Póetica 8 de ago de 2008 09:54:00  

É, parabéns pela homenagem ao seu pai!. O meu infelismente esqueceu que eu existo...

rosangela 8 de ago de 2008 09:57:00  

Fiquei emocionada!

Não tenho um relação tão legal com o meu pai quanto gostaria, mas hj mais velha compreendo que é tb um pouco por minha causa.
E ando tentando rever isso.
Quando para para pensar em todos os sacrificiaos que ele fez o jeito marrento, até dou risada sozinha e consigo ver o quanto ele é importante pra mim.. infelizmente oq acabou me ajudando a ver foi um acidente a pouco tempo em que na hora quem estava do lado dele era eu.
Ele parecia uma criañça indefesa e eu fingindo ser forte para não deixa-lo mais nervoso, mas no fundo estava tão abalada quanto ele, com vontade de chorar abraça-lo enfim ...
eita ... vim comentar e estou falando do meu pai ..s rsrs
O bom são as lembranças isso não se pode tirar.
Me desculpe mas não sei exatamente oq lhe falar..

Abç..

Everaldo Ygor 8 de ago de 2008 16:57:00  

Olá...
Mas que bela crônica dos dias a sua, cheia de sentimento, emoção, como deve Ser...
Sim merecem sempre, Ser Pai é muito dificil, uma luta diária, agradeço ao meu "velho" todos os dias por Ser quem ele é...
Belas e intensas lembranças.
Abraços
Everaldo Ygor
http://miniminimos.blogspot.com/
"Tempo"

Ane 8 de ago de 2008 17:13:00  

Separação é uma coisa complicada. Mas se o teu pai continua te amando, já está ótimo! E as perguntas e dúvidas que tens, porque não senta com ele num dia desses e conversam numa boa? Se vocês se dão bem, não tem porque ele não querer te ajudar.

Abraços!

Tati Karpa 8 de ago de 2008 17:31:00  

Lamento.
Pelo menos temos a saudade para nos confortar. Significa que o que perdemos era muito bom...
Meu pai escolheu o dia seguinte ao seu aniversário para ir... tb em 2006... e teve fogos no dia (aposto que foi festa para quando ele chegou ao seu destino)... [era um sábado e o Brasil foi eliminado da copa...]


[O texto é bem sensível, muito bacana, parabéns]

Fernando Gomes 8 de ago de 2008 18:01:00  

Ele com certeza apreciaria tais palavras, qualquer pai apreciaria.

bela homenagem.

O Sábio Niestévisky 8 de ago de 2008 18:07:00  

Eu tinha problemas com o meu pai, mas acabei descobrindo que pais também são pessoas, e que portanto, erram e acertam como qualquer um.

Belíssimo texto, gostei muito.

Jorjão 8 de ago de 2008 21:58:00  

texto emocionante...parabens!!!

MARTHA THORMAN VON MADERS 8 de ago de 2008 22:59:00  

Que bonito!
Também amo meu pai,acho que todos os pais são amados assim não é?
marthacorreaonline.blogspot.com

blog 9 de ago de 2008 00:05:00  

O tom de confissão e devoção é algo inusitado num blog, camarada.
Só teria apologias a fazer, se não estivesse realmente consternado.
Meu pai tb se foi.

Um forte abraço, camarada.
E obrigado.

Dih Fernandes 9 de ago de 2008 00:27:00  

Eu já tinha comentado, mas sinceramente acho que muitos não dão valor aos seus pais enquanto estes estão vivos, vi isso hj mais uma vez!!!

As vezes eu fico pensando o porque disso, mas certas coisas são tão absurdas que nem explicação tem!

http://www.avidanobeco.com/

Butterfly Girl 9 de ago de 2008 00:39:00  

Oieee!!!
Ps= Aaa...são várias músicas juntas..misturadas...hehehehe!!

Meu pai é meu herói..e não tem coisa melhor no mundo do que estar ao lado dele! Meu exemplo de vida!
Amo ele demais...

Beijooo!

mateusbonez 9 de ago de 2008 00:55:00  

Muito tocante seo texto, adorei :D
Volte sempre, pq sempre estarei aqui :D

Felipe 9 de ago de 2008 00:58:00  

meu pai é exemplo para muita coisa... mas também é o pior para muita coisa...
mas quem não é assim?


http://vaidurmi.blogspot.com/
Vai durmi!!!

Amanda Pillar! 9 de ago de 2008 01:08:00  

Impressionante!!
Mais saiba que seu pai está sempre com vc, mesmo nos dias que vc nao vai visita-lo ele com certeza está do seu lado o dia todo, pois vc ganhou um anjo!
Bjs
Fica com DEUS

Marcos Costa Melo 9 de ago de 2008 01:15:00  

Euzer, bela homenagem, além de um texto bem amarrado também, que indica uma direção e se encerra com outra.

Aliás, li todos os comentários e vi que muitos não entenderam.

Domingo, infelizmente, não passarei com o meu pai, pois estamos em cidades diferentes, mas ele é muito importante para mim também, foi a maior influência na minha formação, sem dúvidas.

abs

felipe 9 de ago de 2008 09:21:00  

oi euzer
li seu post e me emocionei.
não conheci meu pai, infelizmente. Sempre senti falta desse contato e dessa relação. Já fiquei muito triste em dia dos pais, mas hoje as coisas estão melhores.
Quem sabe um dia eu não me encontre com ele em algum outro lugar longe daqui?
abrços pra você.
Felipe

www.muitoadeclarar.zip.net

BinhoSampa 9 de ago de 2008 11:30:00  

É muito dificil quando a pessoa vai embora sem se despedir... mas a vida é assim...Deus quis assim...quando perdi o meu pai...fiquei sem chão....sem estrutura.... questionei muito e queria saber o motivo...mas nunca saberemos.....

Linda homenagem ao seu pai..e onde ele estiver vai sentir-se orgulhoso disso...

Abs:-)

::: Luiz AOR ::: 9 de ago de 2008 12:40:00  

linda homenagem... parabens..

e valeu pelo comentario...

e sim..sao tdas criações minhas :D

Antonoly 9 de ago de 2008 21:08:00  

Sem querer mudar o assunto do post, mas já mudando (como diria o Jô Soares), seu cachorro é muito bonito e afetuoso, também adoro os meus, tenho dois.
Um abraço amigo!

Morgana e Marcelle 10 de ago de 2008 12:22:00  

^^, vc falou pra se eu quisesse passasse por aqui,
então, eu vim,
muito bonito o que você disse do seu pai,
ele deve ter sido um grande homem, tenho certeza,

eu queria tanto pocer conversar com aquele que está lá sem vim aqui se comunicar comigo :'(

eu sinto muito por vc,
eu queria muito que as pessoas que amamos ficassem pra sempre do nosso lado,
eu ainda não superei a morte do meu avô, e isso me faz muito mal, eu espero que você não tenha os memso sentimentos que os meus aqui =/

Tenho certeza que seu pai está nesse momento orgulhoso de você ,
ele deve ser muito satisfeito por ter o filho que tem :)

abraços,

MΛUЯΙ 10 de ago de 2008 23:50:00  

Eu almocei com minha mae hoje.
Dei beijo e abraço, como sempre... mas hoje beijei e abracei com mais carinho... disse "Feliz Dia dos Pais" pra ela.
Ela entendeu o gesto mas nao se conteve "Eu te criei, mas sou sua mãe. Voce tem pai."
Enfim, foi um domingo como qualquer outro.

Aposto que ao acender as velas pra seu pai ele, sorriu e te abraçou forte, mesmo que em espírito.

Um beijao!

www.mgoncalves.blogspot.com

Lucas Soares 11 de ago de 2008 09:36:00  

Que lindo texto...
E que final, eu jurava que ele tinha se divorciado ou algo assim, mas quando li embaixo da foto...
Só não procure ficar triste, pois todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus!
=)

www.esperaemdeus.blogspot.com

Mayna 11 de ago de 2008 23:45:00  

Ah Euzer!
As vezes nossos pais fazem coisas que não são explicações e a única coisa a se fazer é tentar entender.
Meu pai também fez coisas que até hoje não tive explicações e quando fui entender era tarde de mais. Enfim...
Tudo no seu tempo.

http://maynabuco.blogspot.com

INUTILIDADES 12 de ago de 2008 09:45:00  

Cara, de boa,tive uma relação com meu pai, parecida com a sua.Mas infelizmente , no meu caso, não posso dizer que ele foi meu herói.No mais ,belo texto,de verdade

http://www.inutilidades-jds.blogspot.com/

莱蒂西亚 12 de ago de 2008 18:08:00  

Não há o que dizer. Vc sabe que ele foi na frente pra preparar o caminho, assim como já tinha preparado tudo pra te receber quando nasceu. É hora de colher as respostas sozinho, como um dia ele tb teve que fazer, não é?
Se há algo que separe vcs dois, é o tempo.
Beijo carinhoso!
Letícia.

Chris 12 de ago de 2008 21:46:00  

Bela homenagem...
Realmente, tem coisas na vida que a gente não entende - e a partida de pessoas que amamos é uma delas...

Homenzinho de barba mal feita 13 de ago de 2008 00:39:00  

Meu pai ainda é vivo, mas eu não lembro do rosto dele. Meus pais se divorciaram uando eu ainda tinha um ano. A ultima vez q eu o vi, foi em 1998, qdo eu tinha 11 anos, mas eu não lembro do rosto dele.
Pai é mto importante, mas tenho medo de não chorar qdo ele morrer, e parecer um incensivel, mas sinceramente não guardo nem um tipo de magoa dele...

Abraços!!!

Lilian Devlin 13 de ago de 2008 09:31:00  

Muito bonita a sua homenagem! Tomara que a situação que eu passo em casa se reverta e que meu filho um dia consiga sentir a mesma coisa e não a dor do abandono, literalmente falando!
Abraços!

  © Blogger template Skyblue by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP