Banner: Marco Antonio ///// Produção de Layout: Mariana Nunes

A LENDA DAS ALIANÇAS

>> segunda-feira, 28 de julho de 2008

"Baseada em histórias contadas pelo povo, sem comprovação de sua autenticidade. Por isso trata-se de LENDA"


Num reino distante, numa época que não se sabe precisar, o rei anunciou o casamento de sua única e amada filha. Como não havia nenhum pretendente (e naquele tempo era comum o pai escolher o marido da filha), a princesa sugeriu que o homem que lhe desse o presente mais original, criativo, teria sua mão em casamento.
Todos os homens do Reino se animaram com a idéia. Já que ela não faria distinção entre nobres e plebeus, todos alimentaram a esperança de fazer parte da Família Real.
O prazo para a entrega dos presentes seria de um mês.
A notícia correu o Reino. E foi chegar numa província distante, onde vivia um solitário, jovem e belo ferreiro. Alguns anos antes, numa visita à capital, pôde ver a princesa saindo em seu coche. Aquela imagem nunca lhe saiu da cabeça. Ele amou a Princesa, mas jamais imaginou que sequer pudesse tocá-la. Até olhar tinha medo. Temia ser preso pelos guardas reais.
A partir da segunda semana alguns presentes começaram a chegar ao castelo. Eram fazendas dos mais nobres tecidos, bordados, todos muito lindos, de valor incalculável, mas nenhum deles tocava o coração da princesa.
No fim da segunda semana do prazo dado pelo Rei, o jovem ferreiro estava triste. Tinha a chance de tentar conquistar a princesa, mas, por ser pobre, o que poderia lhe oferecer? Havia tantos nobres no Reino que iriam chegar mais perto do coração. Olhava o céu estrelado quando pediu um sinal, uma luz. E ela veio na forma de uma estrela cadente. O ferreiro correu para sua casa.
A princesa estava desanimada. Tantos presentes, tanto luxo, tanto brilho, mas nada lhe seduzira. O Rei a consolava e pedia que tivesse paciência.
Uma semana depois, o ferreiro havia terminado seu trabalho. Simples, coube numa caixa que ele guardou no bolso da calça surrada. Preparou comida e cobertas, pois a viagem até o castelo levaria uma semana em sua charrete.
A princesa praticamente jogava a toalha. Faltava apenas um dia para o fim do prazo e nenhum pretendente havia dado o presente original. A semana tinha sido difícil. Chovera em praticamente todo o reino e isso atrasou e muito a viagem do jovem ferreiro. Mas ele conseguiu chegar faltando poucos minutos para acabar o prazo. Os guardas não queriam deixá-lo entrar, mas o Rei apareceu e ordenou que ele entrasse no castelo. Pega o singelo presente numa caixinha preta revestida de veludo e dirige-se ao aposento da filha. Algum tempo depois, Rei, Rainha e Princesa aproximam-se. O jovem ferreiro quase trava de tanta alegria ao ver a mulher de sua vida tão perto:

[Rei] Viemos conversar com o senhor, porque queremos saber o que é isso que o senhor presenteou minha filha.
[Ferreiro] Eu chamei isso de aliança.
[Rei] Por que duas? E por que a grande tem o nome da minha filha e a menor tem o seu nome?
[Ferreiro] Como disse, é aliança. O meu nome no adorno a ser usado por ela vai ficar em contato permanente com a pele dela. E o dela no meu, idem. Seremos “aliados” no amor, daí o nome “aliança”.
[Rei] O material é feito de ouro. Por que usaste o ouro?
[Ferreiro] Era uma pedra que eu tinha, minha mãe me deixou pouco antes de falecer. O ouro é o mais nobre dos metais, assim como o amor é o mais nobre dos sentimentos.
[Rei] Agora, qual o significado desses dois anéis?
[Ferreiro] Ele é o símbolo do amor. Olhe bem pra eles. Eles não tem começo, não tem meio, não tem fim. Ele apenas existe. É isso que importa: haver o amor mais sincero, verdadeiro, eterno. Simbolizar a vida dos dois, o amor que um sente pelo outro, os filhos que Deus confiar ao casal que tem esse amor no coração. Foi isso que eu quis presentear sua filha.


Um ano depois, a princesa e o jovem ferreiro tiveram o mais belo casamento que o Reino jamais havia visto. E o casamento dos dois durou mais de sessenta anos.

63 bedelhos!:

Paulo 28 de jul de 2008 23:21:00  
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo 28 de jul de 2008 23:23:00  

Ops pensei que não tinha postado mas concerteza este é o medo de qualquer homen XD
http://total-info-web.blogspot.com/

Antonoly 28 de jul de 2008 23:32:00  

Muito bom seu texto, escreve muito bem cara!

www.blowgh.wordpress.com

Flavitcho 28 de jul de 2008 23:38:00  

Pouxa que bonito. :D
O amor... Sentimento difícil de entender esse.
Deveria ser tão fácil, duas pessoas se amam e ficam juntas.
Mas a gente inventa tanta coisa que atrapalha. É tanto obstáculo!
Mas ele sempre vence, ou pelo menos sempre tenta.
Viva o amor.
:)

Rosinha 28 de jul de 2008 23:46:00  

Caramba, não sabia que tinha surgido assim a aliança! Que legal!!

http://rosarenan.blogspot.com

Angel Ilanah 29 de jul de 2008 00:07:00  

belissimo texto.

Bibitcanus 29 de jul de 2008 00:22:00  

Legal, um conto de fadas pra quem está apaixonado! Pois é, você fez uam associação boa quando mencionou os sentidos entre o objeto e o sentimento. Falar nisso... eita, vou procurar minha aliança agora mesmo se não vai te porrada aqui em casa !!

VAleu rapaz, qualquer coisa dá uma passada em bibitcanus

Naomi 29 de jul de 2008 00:25:00  

nhaim.......que legal
*-*

Bacana u teu blog!!

Bju.

Caio Rudá 29 de jul de 2008 00:46:00  

Gostei das explicações do ferreiro sobre as alianças. Só aí ele já teria ganho a mão da princesa :D

Foi bom prá mim! 29 de jul de 2008 09:17:00  

Que romântico!
Uma aliança, sem começo ou fim. Românticos são mais felize que a maioria.

* Mariana 29 de jul de 2008 10:22:00  

Se ainda hover um homem como o ferreiro, quero ele pra mim.
Nem ligo se a aliança for de papel de Sonho de Valsa!
Quem sabe um dia, né...
:*

O Sábio Niestévisky 29 de jul de 2008 11:41:00  

Gostei da estória.

DuDu Magalhães 29 de jul de 2008 14:13:00  

Bom, na semana passada (21/07) foi aniversário da minha namorada. Tem 8 meses que estamos juntos (dia 01/08 faz 9 meses) e, eu não sabia o que comprar pra ela, depois de dias procurando, resolvi dar algo que fosse alem do material: Uma aliança de compromisso! O efeito da mesma foi o melhor possível, pois, sabia ela que eu tinha um certo 'medo' de me apegar demais a uma mulher, pois isso já aconteceu e o final foi trágico. ela adorou, não podia ganhar presente melhor... Depois disso aprendi qual é o verdadeiro valor de uma aliança. E amo minha namorada demais, quero me casar com ela. A, fiz um blog também em homenagem a ela (http://minhainspiracao.blogspot.com/)
E posso garantir, que ela é minha inspiração!

Muito bom seu texto... há dias que estou tentando escrever algo assim, sobre aliança e, após ter lido o seu, já sei como vou fazer...

depois te mando o link!

abrasss

Mariana 29 de jul de 2008 14:36:00  

Euzer...

Eu mato você a primeira vez q eu te ver!!

Eu chorei... muito... absurdamente..

porq??

porq a idiota aqui se ferrou de novo...

e alianças me fazem lembrar...

merda!! hahahaha

beijos

Marco Antonio 29 de jul de 2008 15:50:00  

Você, como bom contador de história que é, descreveu a lenda de forma clara e inspiradora.

Verdade ou não, é significativa. P#%$@ Euzer, muito legal.

Nina 512 29 de jul de 2008 19:54:00  

oO teu mesmo?

Rosinha 29 de jul de 2008 22:16:00  

adoooro aliança!!!

http://rosarenan.blogspot.com/

Coldheart 29 de jul de 2008 22:17:00  

Tuliio Mustannen


Excelente texto, inteligente escrita, bom gosto..

adorei o blog. parabéns
acessa o meu: www.kalyugatimes.blogspot.com

Gabriela 29 de jul de 2008 22:17:00  

Alianças... Fascinantes...
Ótimo!!!

Abração.

Marcos 29 de jul de 2008 22:39:00  

bastante interessante a história, além de romântica, claro :)

eu e minha namorada usamos uma de "compromisso".. heheh

abraço! :)

Gonzo Laranja 29 de jul de 2008 22:50:00  

ai, que lenda mais linda!!!!
pois é, isso é o amor!!!!


vou colocar seu blog nos meus recomendaveis, pois adoro passar por aqui(passo sempre que posso!!!)

um abraço

James Bond 29 de jul de 2008 23:03:00  

E eu pensando que nasciam em árvores...

Igor G. Britto 29 de jul de 2008 23:28:00  

Tu é doido demais
Mais escreve bem
HAHAHAHA

História maneira rapaz...
Já criei muita história assim!

Boa postagem.

Abraço!

Fernanda Fernandes Fontes 29 de jul de 2008 23:50:00  

História bonita, Euzer. Alinças para fortalecer laços, é bonita a simbologia delas...mas o q vale msm, bonito msm, é o amor, não é?!

E por fazer, não leve tão a sério o que escrevo no blog. Nem td é pessoal, mas td é fruto de observação...e de alguma forma, é verdd. O poste "Monólogo para o peixe que saiu do aquário" tb me incomodou...achei forte, mas saiu assim...e que bom q mexeu com vc, acho q é esta a minha função..rs...mexer com meus leitores, msm sendo com os piores sentimentos...rs.

Abraços e mais uma vez, adoro seus textos!

Fernanda Fernandes Fontes 29 de jul de 2008 23:51:00  

digo, por favor

Fernanda Fernandes Fontes 29 de jul de 2008 23:51:00  
Este comentário foi removido pelo autor.
truquesorkut 30 de jul de 2008 09:16:00  

Massa Seu Bloggerr....

João Áquila Lima dos Santos 30 de jul de 2008 09:23:00  

original o moço pobre, só que depois de sua invenção, os pobres, como ele era, tem dificuldades para comprar uma aliança.

truquesorkut 30 de jul de 2008 09:34:00  

=D

Alê 30 de jul de 2008 09:41:00  

Ah que lindo! Adorei o texto. Sou romantica ao extremo, adoro essas coisas : )

Erich 30 de jul de 2008 10:10:00  

Muito bom mesmo ... ultimamente tenho notado que as pessoas esqueceram o significado da "aliança" ... colocam no dedo como um adorno ... 3 meses de namoro e metem uma aliança de compromisso...mais 3 meses e aliança de noivado.
Aliança é algo sem fim, onde alian-se pessoas para conquistar algo em comum sem prazo estabelecido.

Posso linkar seu blog ?

Rafael Tupiná 30 de jul de 2008 11:22:00  

fala rapazzzz

to com selo pra ti la no meu blog

abraços

Danilo Moreira 30 de jul de 2008 11:23:00  

Nunca tinha pensado nesse sentido da aliança... bacana.

Hj em dia há certos casamentos que infelizemnte a aliança parece mais um mero artigo de formalidade.

Abçs!!!

Agora, convido você a discutir sobre esse assunto:

----------------------------------
Ô Aperto!!!

http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.
----------------------------------

Juliana Gulka 30 de jul de 2008 12:43:00  

Hiper, mega, ultra legal!
Uma história tocante no intervalo do trabalho... sentimentos e sentimentos.. acho que os seres humanos estão precisando de sensibilidade.
Beijos

Luciana 30 de jul de 2008 23:20:00  

noossa, adorei a historia, gosto desse tipo de contos.

=)

e no mais, a ideia de eterno a aliança representa bem msm.

Rafael Portillo 30 de jul de 2008 23:34:00  

Bela historia, mas eu ouvi que foram os romanos que iniciaram este costuma, usando aneis feitos de metais magnetizados, e achavam que colocando no dedo anular, a pessoa atraia o coração...

http://rafaelportillo.blogspot.com/

www.manufaturanova.blogspot.com 30 de jul de 2008 23:57:00  

hihihi, viajei no seu conto!! Vc escreve mt bem!!=]

Tatiana Rodrigues 31 de jul de 2008 00:39:00  

Lindo conto!
O significado da aliança é realmente lindo, por isso fico revoltada com qualquer namorico de uma semana já ser representado com alianças!

Parabéns!

www.retratonovo.blogspot.com

Douglas Lopes 31 de jul de 2008 00:43:00  

atualiza o blog ae =]

Alice Daniel 31 de jul de 2008 09:27:00  

Gostei da lenda. Nunca tinha lido nada a respeito.

Wander Veroni 31 de jul de 2008 09:35:00  

Oi, Euzer!

A fábula é muito bonita. Tem uma reflexão importantíssuma: temos que ousar mais e acreditar no nosso potencial. Mostra também que devemos ser perseverantes e mais ousados. Para quem quer casar, qual é o melhor presente? A aliança. Ainda mais feita por um ferreiro que fez uma peça única e original.

Sempre arrasando nos textos meu amigo!

Depois passa lá no Café. Tem post novo.

Grande abraço,

=]
_____________________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

vidapessimista 31 de jul de 2008 09:47:00  

Parabéns!!!

Bela história!!!

Pena que contos de fada não existem para a maioria das pessoas. Os que encontram e conservam um amor sincero são as exceções.

Gustavo Hermes Soares 31 de jul de 2008 13:08:00  

E o casamento durou mais de 60 anos!

O que seria de nós sem uma bela ficção, um belo conto de fadas para nos iludir, pobres solteiros!?

hahaha

nao conhecia a histórinha. muito legau!

Jornalista Azarado 31 de jul de 2008 13:13:00  

Muito legal essa história!!

A minha está no meu dedo da mão direita e na mão da minha amada...

Abços Euzer!!

Rhenan 31 de jul de 2008 21:57:00  

Singelo e encantador.

Grande abraço

Rhenan
www.sexpride.blogspot.com

felipe 3 de ago de 2008 17:40:00  

Que texto lindo....
alian�a � simbolo....o que importa � a uni�o de cora�o. Simples assim.
Bom voltar aqui.
Escrevi um agradecimento a voc� em meu blog.
grande abra�o
felipe

www.muitoadeclarar.zip.net

Flavitcho 3 de ago de 2008 22:16:00  

Euzerrr...
Tem selo para ti no meeeu blog...
:D

\o/

:*

Renan e Rosa 3 de ago de 2008 22:33:00  

Oi, obrigada por ter ido no nosso blog! Algumas musicas ja foram gravadas e estão disponiveis no blog na parte "Nossos links", la vc pode ouvir duas musicas!

Bjus,

Rosa Araújo

Edu França 3 de ago de 2008 22:39:00  

Aprendi mais uma hoje, a origem das alianças, na verdade nunca foi um assunto que tenha passado pela minha cabeça, parabéns pelo texto!

nicestthing 3 de ago de 2008 22:48:00  

Que lindo. Ah, sou uma garota muito romântica e essas coisas me deixam facinada. '-'

Contos de fadas, tão belos, pena que para muitos não passa de ilusão. :/

Ana Lucia 3 de ago de 2008 22:54:00  

lindo... o simbolismo da aliança é realmete encantador...pena que hoje em dia as pessoas não pensam sobre o que representa o casamento...

Karla Hack 3 de ago de 2008 23:11:00  

Que bela História..
Conquistou minha atenção e meu coração...
Mto bem escrito

Parabéns!

;D

bjus

Bruna *Lovegood* 3 de ago de 2008 23:30:00  

que lindooo...dessa história eu não sabia (porque nunca sei nenhum conto de fadas ou coisa assim direito!).
Eh mto lindo oq ele fez, simples, e oq ele falou ali eh a mais pura verdade. O círculo não tem começo, eh como afênix, nasce e morre, pra nascer de novo...
e sempre ali, presente um ao outro, unidos pelo mais nobre metal...Mas, antes que um círculo desse ouro, mais vale o coração deles estarem entrelaçados.

Luis 3 de ago de 2008 23:59:00  

Muito interessante!

... 4 de ago de 2008 00:09:00  

Cara, só agora tow percebendo o simbolismo de uma aliança para o casamento... Liiiindooo de morrer esse texto! Afff, mais coisas nessea vida que no quintal da minha casa!
Qnto ao seu comentário no meu blog, não me leve tão a sério. Portanto, continue tomando o remédio para sinusite! rsrsrsrsr...
Abração!

Stanley Marques 4 de ago de 2008 02:09:00  

Para que o Antologia Racional abra sem complicações, estamos retirando os banners de parceiros e substituindo-os por links. Se preferir, substitua-nos também. Abraços, Stanley Marques
www.antologiaracional.com

Guilherme Freitas 4 de ago de 2008 19:16:00  

Euzer, parabéns. Eu adorei esta crônica. Isto só prova uma coisa: não precisa se gastar muito dinheiro para dar um presente. Se for algo simples, mas de corações, ele vale mais do que tudo.

Pedro Junior 5 de ago de 2008 00:04:00  

ótimo texto, mas não penso colocar uma aliança no meu dedo tão cedo...rss
t+
abraços
passa lá no m meu blog depois

Lucas Conrado 5 de ago de 2008 18:38:00  

Cara, que legal a história!

Fernanda Santiago Valente 6 de ago de 2008 22:11:00  

Este texto é maravilhoso.
Eu estava procurando por ele. rs
bj pra vc

Paulo Henrique 7 de ago de 2008 00:06:00  

Que texto bom cara
gostei mesmo !!!
http://frango-de-bigode.blogspot.com/

Dário Souza 11 de ago de 2008 21:46:00  

Euzer muito massa essa lenda,nunca tinha ouvido falar,ou parei para perceber o significado por tras da aliança,sempre axei um modo tosco de representar o casamento,minha opiniao mudou totalmente depois do post.

Anônimo 8 de mar de 2011 19:46:00  

nossa essa foi a historia mais linda q já ouvi em toda minha vida .simples e verdadeira amei

  © Blogger template Skyblue by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP